Deputado Estadual Gustavo Valadares 45678

DECISÃO DA JUSTIÇA, RETIRA DO AR PUBLICIDADE MENTIROSA DO GOVERNO PIMENTEL

Para enganar os mineiros, o governador Fernando Pimentel usou a estrutura do Estado para fazer propagandas de ataques a seus antecessores. Para o deputado Gustavo Valadares, essa foi mais uma vitória da oposição contra Pimentel. “Conquistamos mais uma vitória contra as mentiras desse governo do PT, esse governo simplesmente ignora a Constituição, que é clara ao proibir a utilização de recursos públicos em benefício próprio e com objetivos político-partidários. Por isso, entramos com uma ação no Tribunal de Justiça e Pimentel foi obrigado a retirar do ar a peça publicitária sobre os fóruns regionais, divulgada no ano passado, que comparava a administração atual com a anterior. Pimentel não gostou, recorreu e perdeu novamente” disse Valadares. Na semana passada, o desembargador Marcelo Rodrigues reforçou que a propaganda extrapola o seu dever informativo e decidiu que sua divulgação deve continuar suspensa. E não foi a primeira vez que a Justiça vetou propagandas do governo por desvio de finalidade. Esse é o jeito PT de governar, mentindo e enganando a população

 

Prefeitos de todas as regiões de Minas Gerais estiveram reunidos na Assembleia Legislativa

Gustavo Valadares (deputado estadual PSDB/MG)

Gustavo Valadares (deputado estadual PSDB/MG)

O calote já ultrapassa R$ 780 milhões, o que compromete diretamente a educação, saúde e segurança nas cidades mineiras. E não são só os recursos do ICMS que estão sendo confiscados. Na área da saúde, a dívida do governo com as prefeituras é de cerca R$ 2,5 bilhões. E, na educação, Pimentel deve R$ 160 milhões referentes a cinco parcelas do transporte escolar que já deveriam ter sido pagas ao longo deste ano. Uma total falta de respeito e compromisso o cidadão mineiro” disse o deputado Gustavo Valadares durante participação no evento.

VALADARES PARTICIPA DE EVENTOS QUE MARCARAM ANIVERSÁRIO DE MUNICIPIOS DE SUA BASE

Deputado Gustavo Valadares (PSDB-MG) participou no início do mês de março, das comemorações do aniversário de Serra Azul de Minas e Divinolândia de Minas. Em Serra Azul foi recebido por vereadores, secretários e pelo prefeito Leonardo do Carmo Coelho, participou de ato festivo dos 55 anos do município, na praça central. Em Divinolândia ao lado do prefeito Rodrigo, inaugurou o Ceic (Centro de Educação Infantil Crescer) e esteve presente nas festividades que marcaram os 55 anos de emancipação política do município.

0be3bc9d-4c5b-45e1-af80-925e9f955857 19d96348-c36a-418a-b62e-6d96a684ad790be3bc9d-4c5b-45e1-af80-925e9f955857

 

Deputado Gustavo Valadares é escolhido membro da Comissão Extraordinária das Barragens

DEPUTADO GUSTAVO VALADARES É ESCOLHIDO MEMBRO DA COMISSÃO EXTRAORDINÁRIA DAS BARRAGENS

Valadares (PSDB) pediu celeridade na atuação da comissão e sugeriu que a agenda de trabalhos seja definida o quanto antes para a que a população tenha uma resposta rápida do poder público em relação ao ocorrido. Fonte: Portal almg.gov.br

Deputado Gustavo Valadares (PSDB-MG) cria projeto de lei que busca isenção de tarifa de energia elétrica em Minas.

Deputado Gustavo Valadares (PSDB-MG) cria projeto de lei que busca isenção de tarifa de energia elétrica em Minas.

O PL nº 2.812/2015 de autoria do Deputado Gustavo Valadares, propõe a isenção de tributos estaduais que incidem sobre a fatura de energia cobrada em função da bandeira tarifária. Cabe ressaltar que a isenção não afetará a arrecadação estadual, conforme explica a justificativa do projeto abaixo.

Valadares destaca ainda que sua proposta cobre uma lacuna do governo do PT em Minas que nada fez para evitar que os aumentos sucessivos de energia neste ano e a entrada em vigor das bandeiras fossem debitados nas costas dos cidadãos. Em 2015, os mineiros estão pagando 42,46% a mais pela energia da Cemig, percentual que pode subir para até 51% em virtude da bandeira vermelha.

No ano passado, durante a campanha eleitoral, o governador Fernando Pimentel criticava o valor do ICMS cobrado na conta de luz. Mas depois que assumiu o governo, ele não só sinalizou que não haverá redução do imposto como apoiou os aumentos de energia elétrica promovido pelo governo federal”, afirmou.

Créditos: Assessoria da Minoria na Assembleia Legislativa de Minas Gerais

image2015-09-03-133845-2-1 PL28122015